04/09/2017

Resenha: Nossas Noites - Kent Haruf

Título original: Our Souls at Night
Gênero: Romance
Páginas: 160
Editora: Companhia das Letras
Classificação: 5/5
Comprar: Submarino
O livro Nossas Noites, último trabalho do autor Kent Haruf, nos traz um romance maduro e sereno sobre amor, envelhecimento e as oportunidades que recebemos de presente da vida. Com uma linguagem clara, objetiva e demasiadamente encantadora, acompanhamos um romance na terceira idade que nasce da mais profunda e verdadeira amizade e comunhão e que se mostra absolutamente radiante.

No pacato e pitoresco condado de Holt, no Colorado, Addie Moore resolve visitar inesperadamente seu vizinho, Louis Waters. Mesmo não sendo amigos, os dois moram na mesma rua há algumas décadas e sabem um pouco da vida um do outro. O marido de Addie faleceu alguns anos atrás, assim como a esposa de Louis, Diane. Septuagenários e viúvos, os dois lidam dia após dia com a solidão que cerca suas casas grandes e vazias.

Addie então propõe que Louis lhe faça companhia ao cair da noite com o intuito de ter alguém para conversar antes de dormir. Mesmo surpreso com a proposta um tanto exótica, Louis aceita o convite e passa a ter uma nova rotina: assim que o dia escurece, ele vai até a casa de sua vizinha e veste um pijama e, juntos, escovam os dentes, deitam-se e conversam até o dia amanhecer. À medida que a amizade entre os dois vai florescendo, suas noites se tornam menos solitárias e vazias. O diálogo entre eles se desenrola de forma natural e espontânea, onde compartilham experiências de vida, histórias, medos, anseios e frustrações. No verão, a casa de Addie se torna radiante com a presença do neto Jamie e a vinda do garoto sela ainda mais a aproximação entre os viúvos.

Apesar de Addie e Louis terem uma perfeita sincronia, os vizinhos estranham cada vez mais a aproximação entre eles e não demora muito para que surjam boatos maldosos sobre os dois na cidade. Pouco a pouco, eles acabam percebendo que manter esse relacionamento peculiar não será nada fácil, principalmente após a grande oposição do filho de Addie...

Nossas Noites é um romance terno e incrivelmente bonito sobre envelhecimento, segundas chances e a redescoberta de pequenos e significantes prazeres da vida. Tecido com ternura e delicadeza, acompanhamos dois idosos se surpreenderem já em idade avançada e adquirirem um novo sentido para suas vidas até então solitárias. Narrado em terceira pessoa de forma pungente e sutil, adentramos todas as limitações de Addie e Louis e também vislumbramos o renascimento de suas almas.

Addie é uma senhora doce e delicada que passou por um grande trauma no seio do lar. Desde então, o seu casamento não foi mais o mesmo, bem como o relacionamento com o seu filho - que até hoje se mostra um adulto um tanto problemático. Sua alegria é a presença do neto, que irradia vida e esperança por onde passa e torna as suas tardes de verão menos solitárias. Admirei a coragem e a determinação da protagonista ao fazer a excêntrica proposta para Louis e o fato dela admitir pra si mesma que não aguenta mais a solidão e batalhar para reverter esse quadro, com audácia e confiança. As histórias que os dois compartilham são edificantes, intensas e um retrato palpável de seus erros e acertos.

Já Louis se mostrou um senhorzinho extremamente carinhoso e atencioso e tal como Addie, também esconde alguns esqueletos atrás do guarda-roupas. Ele se culpa por ter sido infiel à finada esposa - mesmo tendo recebido o perdão dela - e o seu relato de vida é bem inspirador, principalmente para os jovens, graças as experiências vivenciadas pelo personagem na própria pele, bem como o saldo dela presente em suas cicatrizes. Ele procura proteger Addie de todas as formas possíveis e exalta a sua beleza e formosura sempre que possível.

Nossas Noites é um romance que mostra que o desejo de amar e de ter alguém para compartilhar o seu dia - com todos os seus encalços e bênçãos - é atemporal e não desaparece com o avançar da idade. Mostra ainda que o amor é a força motriz que rege o universo e que ele é inerente a todos os seres humanos da Terra, sem distinção. O olhar de Kent Haruf é intenso e afiado e nos detalha a "melhor idade" de uma forma não livre de dores, mas repleta de amor, companheirismo e amizade. A capa é muito bonita e nos traz a fotografia de um quarto iluminado no breu da noite a a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho e revisão de qualidade. Recomendo☺

9 comentários:

  1. Oi, Nessa!
    Esse livro parece ser são singelo, a premissa dele é muito interessante!
    Que bom que gostou! <3

    Beijos!
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oiii Nessa

    O legal desse livro é que ele sai do óbvio de sempre e arrisca contando uma história diferente, com personagens mais maduros, acho a proposta dele bem interessante.

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Adorei a premissa do livro, nunca li uma história de um romance com pessoas já de idade.
    Beijos,
    Meise Renata.
    viciadas-em-livros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. eu tinha uma outra opinião sobre a trama, mas gostei bastante da resenha Nessa, uma trama interessante
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Nessa,
    Não conhecia esse livro e achei a proposta bem interessante por fugir do óbvio. Infelizmente estou em contenção de gastos mas quando puder quero ler.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Que resenha linda, tenho certeza que vou gostar da obra :D

    https://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Vanessa,
    Achei a proposta bem interessante e também original. Fiquei curiosa para conhecer o casal Addie e Louis. Dica anotada!!

    *bye*
    Marla Almeida
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/


    ResponderExcluir
  8. Oi Nessa
    Não conhecia o livro e fiquei com vontade de ler. Eu só li um livro com este tema um romance mais maduro e eu gostei muito.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir