18/09/2017

Resenha: O Livro do Amanhã - Cecelia Ahern

Título original: The book of tomorrow
Gênero: Romance
Páginas: 368
Editora: Novo Conceito
Classificação: 4/5
Comprar: Submarino
O Livro do Amanhã, da autora irlandesa Cecelia Ahern, nos traz uma história interessante sobre o amanhã e as possibilidades de consertá-lo. A proposta da obra é bem interessante e dotada de criatividade, entretanto demorei um bom tempo para me conectar com a protagonista devido ao seu egoísmo e mimo desenfreado, porém curti demais a reviravolta do enredo, principalmente quando começam a vir a tona os segredos incrustados de família e todos os seus pecados e bênçãos.

Tamara Goodwin é uma adolescente de dezesseis anos nascida no luxo que nunca precisou se preocupar com o dia de amanhã até que o seu pai falece e deixa um monte de dívidas para a família, obrigando ela e a sua mãe a morarem de favor na casa de uma tia no interior. Entendiada com a vida monótona e extremamente solitária, a única diversão de Tamara é uma biblioteca itinerante, onde ela encontra um livro misterioso e bastante surpreendente.

Tamara se depara com anotações feitas por ela própria e datadas para o dia seguinte nas páginas do intrigante livro. E o mais incrível é que todas as inscrições acontecem exatamente na vida real, como uma espécie de deja vu, levando a garota a crer que pode ter encontrado a solução para os seus problemas. No entanto, Tamara acaba por descobrir que é melhor não virar algumas páginas e que mesmo tentando abruptamente, ela pode ser incapaz de mudar o futuro...

O Livro do Amanhã é mais uma das obras de sucesso de Cecelia Ahern - escritora best-seller com mais de 20 milhões de livros vendidos - e nos traz uma proposta bem criativa e original. Entretanto, achei que a autora foi um tanto prolixa no começo do enredo, o floreando com coisas um tanto desnecessárias e a personalidade da protagonista principal não me agradou. Achei Tamara extremamente mimada, chata e ingrata e levei um bom tempo para simpatizar com a personagem e quando isso realmente aconteceu, ela ainda não conseguiu me cativar por completo. Narrado em primeira pessoa por Tamara, de uma forma íntima e bem coloquial, o livro não começou muito bem, mas conseguiu despertar a minha atenção nos capítulos finais graças aos intrigantes segredos da trama.

Como disse anteriormente, levei um bom tempo pra tentar compreender a Tamara e suas atitudes infantis e egoístas e mesmo assim não tive a personagem em alto calão. Ela prejudica muitas pessoas com a sua insensatez e estupidez, especialmente Marcus, que fica em maus lençóis por conta da ex-patricinha. Entretanto, a protagonista estabelece um laço de afeto muito bonito com a sua mãe e tal atitude heroica acabou elevando a história para outro patamar.

Os segredos de família que circundam a trama foram muito bem trabalhados pela autora e se descortinam no momento oportuno, tornando a história interessante e levemente eletrizante. O passado dos personagens secundários é norteado por inveja, ciúme, amor, abnegação, erros e acertos e tais elementos, bem como a sua disposição no contexto da trama, deram um lume especial ao enredo, além de torná-lo bastante convidativo. A carga sobrenatural também foi agregada em doses homeopáticas no texto de Cecelia Ahern e funcionou de forma eficiente, concedendo uma magia especial e intrinsecamente reflexiva ao livro.

Em suma, O Livro do Amanhã é um livro espirituoso e que consegue elucidar os dois lados da moeda - mostrando que ninguém é totalmente bom e nem totalmente mau - e salienta que as nossas atitudes de ontem interferem e muito na colheita do amanhã, independente se temos ou não uma ajuda do sobrenatural para moldá-lo. A temática é bem reflexiva e interessante e foi abordada no enredo de forma suave e elucidativa, com ares bem pitorescos.  A capa do livro é bonita e bem atraente e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho e revisão de qualidade. Apesar das pequenas ressalvas, não deixo de recomendar.

Confira o booktrailer de O Livro do Amanhã:



6 comentários:

  1. Oi Nessa
    Acredita que eu não consigo lembrar se eu li este livro? Tenho uma vaga lembrança que sim, ou eu abandonei, não sei. Li poucos livros desta autora. Gostei da sua resenha.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. um dos meus livros preferidos da autora, sempre tão sublime e reflexiva!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Nessa! Personagens assim como a protagonistas são bem chatos, mas que bom que a obra como um todo te agradou. Gostei de saber da parte sobrenatural e quero conhecer a narrativa da autora!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Eu ainda não li nenhum livro dessa autora, mas tenho vontade, pois muita gente diz que ela escreve super bem. Que bom que você curtiu a leitura. Beijos!
    http://ymaia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Nessa!
    Gosto de livros que me faz refletir, e esse livro está na minha estante só aguardando leitura!
    Parabéns pela resenha!

    Beijos!
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Nessa!

    Eu sou suspeita para falar de Cecelia Ahern, pois gosto muito dos seus livros e a forma que ela escreve. Esse eu ainda não li, por isso não posso dizer muita coisa. As obras de Cecelia normalmente sempre trazem algumas reflexões e isso que deixa a história ainda mais bonita.

    Amei sua resenha, mesmo com as ressalvas. Espero em breve poder estar conferindo essa história também!

    Beijos

    Vivian
    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir