30/03/2018

Resenha: Dias Melhores Virão - Jennifer Weiner

Título original: The next best thing
Gênero: Romance/Chick-lit
Páginas: 400
Editora: Novo Conceito
Classificação: 4/5
Comprar: Livraria Cultura
O livro Dias Melhores Virão, da autora best-seller Jennifer Weiner, nos traz um chick-lit interessante sobre uma jovem roteirista que, depois de seis anos, consegue o seu tão almejado espaço na TV, mas descobre que esse mundo não é tão florido quanto ela imaginava. Gostei bastante da ideia de Jennifer Weiner e a achei até mesmo original, entretanto as minhas expectativas não foram superadas. A julgar pela sinopse do livro, esperava um pouco mais de romance e comédia na trama, o que infelizmente acabou não acontecendo.

Quando Ruth Saunders recebe o telefonema de uma rede de televisão avisando que a série que ela escreveu em breve irá ao ar, ela quase não acredita. Embora ela escrevesse durante toda a sua vida, ela nunca imaginou que o seu roteiro autobiográfico sobre uma mulher acima do peso que vive com a avó e que decide se mudar para Miami tentando fazer fortuna pudesse impressionar alguém.

De repente, o seu sonho tomou formas e tudo o que Ruth queria era ver a sua aclamada série entre os comentários do público e dos tabloides especializados, mas ela foi acordada bem depressa de seu devaneio. Atores com ego elevado e mentes vazias e a persuasão da direção da emissora acabaram deturpando seu roteiro com o objetivo de atender a múltiplos interesses...

Dias Melhores Virão nos traz um romance espirituoso e cativante sobre sonhos, amor, família e o mundo corporativo. Como disse antes, a proposta da autora foi bem promissora e se mostrou bem diferente dos demais enredos de chick-lit que vemos por aí, entretanto esperava mais leveza e comédia da trama, o que acabou não acontecendo. Em alguns instantes, a história de Jennifer Weiner adquire ares um tanto dramáticos e quando finalmente o humor desponta no livro, não foi o suficiente para dar aquele ar de comédia leve e contagiante. Narrado em primeira pessoa por Ruth, de forma detalhada e moderadamente íntima, a obra tem muitos atrativos, mas poderia ter sido um pouco mais divertido e cômico.

Ruth perdeu os pais no início da adolescência em um acidente de carro. Como ela estava viajando junto com eles, acabou ficando entre a vida e a morte e com várias cicatrizes na face por conta dos estilhaços de vidro. Criada pela avó - que sempre lhe deu todo o amor e carinho do mundo - ela se tornou uma adolescente reclusa e viciada em escrever. Inspirada por séries de televisão e, principalmente, por sua história de vida, ela arquitetou um roteiro que considera uma das suas maiores obras-primas e sonha com o dia em que ele será exibido na TV. Como num passe de mágica, ela recebe a proposta de uma rede televisiva e vibra com o espaço finalmente conquistado, sem saber que os seus maiores problemas estão apenas começando. Ruth é uma personagem que vai amadurecendo gradativamente na trama e isso trouxe uma vibe bem libertadora para o livro. No começo da história, nos deparamos com uma mulher carente, introvertida e sem amor-próprio, entretanto bastante inteligente e com muita vontade de vencer na vida. Quando o escopo do roteiro acaba fugindo de suas mãos e a personagem que ela escreveu baseada em sua própria avó se torna uma senhorinha ninfomaníaca nas telonas, ela vira uma pilha de nervos e começa a contabilizar o que realmente vale a pena na sua vida. Quando ela começa a assumir as rédeas de seu próprio destino, sustentar suas verdadeiras opiniões e finalmente descobrir o amor, as mudanças são avassaladoras e acabam lhe tornando uma pessoa muito melhor.

Os personagens secundários da história acabam não se destacando muito, mas gostei bastante da avó da Ruth e da forma cheia de amor e carinho com a qual ela criou a neta. Outro personagem que merece destaque é o Dave, bem como o modo que ele conseguiu superar as suas limitações, além de servir como um belo exemplo de vida para Lucy.

Em suma, Dias Melhores Virão tem os seus atrativos e se mostrou um romance bacana e original, entretanto eu esperava um pouco mais do livro. Os personagens foram bem delineados na trama e se encontram em constante evolução, porém acabaram não se tornando tão íntimos do leitor. Eu também esperava um pouco mais de leveza e descontração não só dos protagonistas em si, como também do enredo e infelizmente isso não acabou não acontecendo. A capa do livro é simples e nos traz a ilustração de uma moça na beira da praia refletindo sobre a vida e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho e revisão de qualidade. Apesar das ressalvas, não deixo de recomendar.

Confira o booktrailer de Dias Melhores Virão:



8 comentários:

  1. Oi Nessa, tudo bem A premissa é bem bacana e sempre espero algo leve de chick-lits, o fato de ser mais pesado não é necessariamente ruim, mas é bom alinhar minhas expectativas, realmente achei que fosse uma leitura mais divertida...

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. eu tenho esse livro e com certeza vou querer ler depois de uma mensagem tão positiva passada na resenha
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Nessa
    O enredo até parece bom, mas confesso que não chamou minha atenção e esta capa também não me é muito convidativa.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Nessa,
    Por mais que tenha deixado a desejar em alguns aspectos, fiquei com vontade de ler.
    É um livro que chama minha atenção e a temática me agrada.
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Nessa,
    Eu pensava que esse livro fosse um mega drama por causa da capa.
    Essa coisa de bastidores de tv sempre me atrai. haha

    até mais,
    FELIZ PÁSCOA =D
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  6. Oi Vanessa,
    Achei a trama bem original e apesar das ressalvas eu fiquei curiosa para saber como a protagonista vai lhe dar com as reviravoltas em sua vida. Ótima resenha!!
    Feliz Páscoa!!

    *bye*
    Marla
    https://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oie Nessa =)

    Confesso que esse livro nunca me chamou a atenção, porém depois da sua resenha acho que vale a pena dar uma chance ao livro. Em especial pelas reviravoltas presentes na vida dos personagens e na mensagem positiva que o livro parece passar.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  8. Olá Nessa,

    Esse livro também esta na minha lista de espera de leituras e não sei muito o que esperar dele, depois da sua minha expectativa está bem pequena...abraço.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir