28/04/2018

Resenha: Apenas Um Dia - Gayle Forman

Título original: Just one day
Gênero: Romance
Páginas: 384
Editora: Novo Conceito
Classificação: 5/5
Comprar: Livraria Cultura
O livro Apenas Um Dia, da autora best-seller Gayle Forman, nos traz um romance intenso e apaixonante, daqueles que permanecem em sua memória mesmo tendo decorrido certo tempo de leitura. Com um pano de fundo cercado por belíssimos cartões portais mundiais e um casal que descobre o primeiro amor e todas as nuances que advém deste sentimento, o livro conseguiu me encantar, além de trazer uma bela mensagem sobre o poder de se reinventar.

Assim que conclui o ensino médio, Allyson Healey é presentada pelos pais com uma viagem para a Inglaterra. Sistemática e certinha, ela pretende  começar a faculdade assim que retornar do passeio pela terra da rainha e arquitetar o seu futuro nos mínimos detalhes.

Entretanto, quando avista uma trupe de atores se apresentando no metrô de Londres, ela logo fica encantada com um charmoso e enigmático holandês, que consegue atrai-la e assustá-la ao mesmo tempo. Willem recita Shakespeare com ares de poeta e com o seu ar misterioso e errante não precisa de muito para convencer Allyson a viajar com ele para Paris. Mesmo não falando francês e não conhecendo a cidade, a jovem é facilmente persuadida e se extasia com a ideia de uma aventura tão excitante...

Apenas Um Dia nos conta uma história de amor intensa e memorável que, tal como o próprio título sugere, tem a duração de vinte e quatro horas e um efeito quase que perpétuo. Acompanhamos uma jovem descobrindo o primeiro amor e a sua própria identidade e enxergando o mundo sob um novo prisma. Nas asas da paixão, Allyson mergulha pelo escuro extasiada e faz descobertas que irão lhe acompanhar por toda a vida. Narrado em primeira pessoa pela protagonista, de uma forma incrivelmente romântica e densa, o livro se mostrou uma viagem expansiva e uma verdadeira ode à adolescência, com todas as suas descobertas, anseios e transformações.

Allyson é uma jovem que sempre viveu nos padrões estabelecidos pelos pais, de forma devidamente planejada e organizada. Durante uma viagem de formatura pela Europa, ela conhece o ator itinerante Willem e se encanta com o espírito cosmopolita do rapaz. Pela primeira vez, ela enfrenta riscos e surpresas e conhece o amor e a liberdade como nunca antes. Allyson é uma personagem muito próxima ao real justamente por sintetizar em sua essência tudo aquilo que somos, fomos ou que algum dia iremos descobrir a respeito da nossa própria identidade. A jovem é uma mescla de medo e coragem e passa por experiências edificantes de perdas e encontros que irão moldar cada vez mais o seu caráter e o seu espírito. O seu romance com Willem é praticamente um folhetim contemporâneo de Shakespeare, repleto de magia, amor, transformações e poder.

"Nascemos em um dia. Morremos em um dia. Podemos mudar em um dia. E podemos nos apaixonar em um dia. Qualquer coisa pode acontecer em apenas um dia."

É praticamente impossível não se apaixonar por Willem e por sua alma de poeta. Seu espírito livre encanta e o passaporte que ele oferece para um destino incerto logo atrai Allyson tal como uma abelha que é seduzida pelo néctar da flor. No curto período de um dia, ele apresenta um pedaço pomposo de sua vida para a doce jovem e lhe oferece uma visão de mundo mais colorida e pungente.

"Se o tempo pode ser fluído, então talvez algo que seja apenas um dia possa continuar para sempre."

Em síntese, Apenas Um Dia é um romance doce, encantador e intenso sobre a importância de se perder e de se encontrar. É mais do que um livro sobre o amor: é uma viagem devastadora e estimulante pelo desconhecido, repleta de transformações, descobertas e experiências enriquecedoras e inesquecíveis. A capa do livro é simples e nos traz a gravura de uma moça em um café contemplando a vida e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho, revisão de qualidade e ilustrações de pequenas flores no começo de cada capítulo. Recomendo, com certeza!

Confira o booktrailer de Apenas Um Dia:



6 comentários:

  1. Gayle foi muito feliz em trazer essa história, é um dos meus livros preferido dela, tem um movimento colorido!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Nessa, acredita que nunca li nada da autora? Mas eu gostei da premissa e adoro um bom romance! O book trailer tb é bem legal!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Oi
    Eu tenho esse livro, mas ainda não li. Gostei da sua resenha e me deu até vontade de ler o livro agora.
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  4. Oiii Nessa

    Eu acho interessante esses livros que nos narram histórias ocorridas em um dia ou semana. Geralmente a gente lê tramas que são mais prolongadas, então já de uma Apenas um dia é diferente. Além disso a premissa parece ser boa, e essa é uma autora que quero muito conferir futuramente.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  5. Oie Nessa
    Sou muito fã desta escritora, as histórias são sempre fortes e marcantes. Nunca tinha prestado atenção neste livro e agora já quero ler.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá Nessa,

    Li um livro da autora e apesar de gostar eu esperava muito mais, mas quero ler outros dela, gostei da sua resenha...abraço.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir