10/04/2018

Resenha: De Princesa a Rainha da Moda - Diane von Furstenberg

Título original: The woman I wanted to be
Gênero: Biografia/Moda
Páginas: 258
Editora: Seoman
Classificação: 5/5
Comprar: Saraiva
O livro De Princesa a Rainha da Moda, nos conta a história da dona da grife DVF, Diane von Furstenberg, passando por toda a sua trajetória como membro da realeza até se tornar uma empresária de sucesso e, acima de tudo, uma mulher empreendedora. Confesso que ando bem às avessas com o mundo da moda, mas a história de vida de Diane von Furstenberg me chamou bastante a atenção, principalmente por conta de suas inúmeras superações e desafios, além de se mostrar uma leitura extremamente enriquecedora.

Nascida na Bélgica como filha de uma das sobreviventes do Holocausto, Diane von Furstenberg se tornou princesa na Europa e desfrutou de inúmeras viagens e privilégios. Prezando sempre sua liberdade e vida própria, não demorou muito para que ela se tornasse um dos símbolos da liberdade na década de 70, sendo figurinha carimbada tanto na Quinta Avenida quanto na conceituada discoteca Studio 54.


Criada desde cedo pela mãe para ser uma mulher forte, independente e corajosa, ela se tornou um ícone da moda ao criar o aclamado vestido envelope, que se tornou referência por todo o mundo como uma peça fashion, estilosa e versátil. Passando por dois casamentos e alguns relacionamentos amorosos - inclusive com o ator Richard Gere - Diane foi uma verdadeira revolucionária e nunca teve medo de arriscar e se reinventar - quantas vezes fosse necessário.

De Princesa a Rainha da Moda é praticamente um livro de memórias da autora, onde ela esbanja toda a sua felicidade e experiência de vida, mostrando os seus declínios, glórias e, acima de tudo, o seu ponto de equilíbrio entre a autonomia e a afetividade. Mesmo não sendo fã de moda e de suas vertentes, conhecer a trajetória de uma mulher tão empoderada e forte como Diane se mostrou uma injeção de ânimo, incentivo e fé - principalmente em si mesma. Narrado em primeira pessoa pela autora, de uma forma onde passado, presente e futuro se mesclam em suas mais incríveis nuances, o livro nos conta a história de uma grife de sucesso e do verdadeiro encontro de uma mulher com o amor e a paixão.

Os capítulos que remetem a infância de Diane, bem como os que detalham a história de vida de sua mãe - uma das aterrorizadas e poucas sobreviventes dos campos de Auschwitz - foram os mais marcantes para mim. Mesmo carregando na alma tantas cicatrizes e mazelas, sua mãe foi uma mulher forte, guerreira e capaz até mesmo de desenganar a medicina com a sua coragem e determinação. Nota-se que Diane herdou as mesmas características da matriarca e que nunca teve medo de se jogar na vida, tanto no que se refere a relacionamentos amorosos quanto a um novo empreendimento. Percebe-se também que o seu espírito sempre foi e ainda é impregnado de paixão por tudo o que faz e que ela carrega em seu coração a ousadia e a coragem de sempre estar se reinventando. Além de nos relatar como venceu o câncer, Diane não tem medo de tocar em temas espinhosos, tais como anorexia, drogas e até mesmo, poligamia.

Em síntese, De Princesa a Rainha da Moda nos traz a trajetória de vida de uma mulher que sempre buscou a verdadeira felicidade e que nunca poupou limites para alcançá-la. Com um olhar apurado sobre a sua vida pessoal e profissional e um rápido vislumbre da sua relação com celebridades tais como Madonna, Jenny Hall e Cindy Crawford, acompanhamos a história de uma mulher movida pela paixão e disposta a criar uma identidade única em um mundo tão tumultuado e permeado por aparências. A capa do livro é hardcover e nos traz uma fotografia de Diane von Furstenberg em preto e branco e a diagramação está bem caprichada, com fonte em bom tamanho, revisão de qualidade e belíssimas fotos no miolo da obra. Recomendo ☺

9 comentários:

  1. Oi Nessa,
    Parece ser uma biografia interessante, mas eu não me interesso muito pelo assunto. Mas, fico feliz que a leitura rendeu cinco estrelas!

    até mais,
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  2. Que bom saber que a edição é legal e tal.
    Eu não sou fã de biografias, leio algumas de forma bem reduzida.
    Não fiquei atraída por esse livro, mas gostei da sua resenha.

    Tenha uma ótima quarta-feira.

    Abraços,
    Naty
    http://www.revelandosentimentos.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Nessa,
    Engraçado que se não fosse pela resenha eu nem olharia o livro, rs.
    Eu não gosto de moda nem de biografias, mas acho que vale a pena ler pela jornada da mulher, né? Fiquei curiosa.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. acho interessante conhecer a vida de uma mulher tão marcante e a frente de seu tempo e história

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá Vanessa
    A história da Diane parece ter algo a nos ensinar, mas eu não sou muito fã de biografia sabe, mas se um dia eu mudar de ideia, vai ser muito prazeroso começar por esse livro!
    Estou conhecendo seu blog agora e estou amando, já estou até seguindo!
    Beijos <3

    estanteclassica.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Vanessa, tudo bem?
    Que bom que gostou do livro. Não sou de ler biografias, mas o livro me pareceu interessante.

    *bye*
    Marla
    https://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Nessa
    Este livro não chamou muito minha atenção, mas seus comentários me deixaram curiosa para conhecer mais sobre a Diane.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Nessa, eu ando tão por fora do mundo da moda que nem Diane von Furstenberg eu conhecia rs, mas nos últimos tempos tenho me deparado com boas biografias e tenho até perdido um pouco o preconceito com o gênero! Dica super anotada!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  9. Não sabia que ela era da realeza!

    Tem sorteio novo la no blog, te convido a participar! http://www.cobaiaamiga.com/2018/03/resumo-da-semana-sorteio-makes.html

    ResponderExcluir