14/04/2018

Resenha: Lady Susan - Jane Austen

Título original: Lady Susan
Gênero: Romance inglês
Páginas: 154
Editora: Landmark
Classificação: 5/5
Comprar: Saraiva
O livro Lady Susan, romance epistolar escrito por Jane Austen em sua adolescência, entre os anos de 1793 e 1794, nos traz a história de uma anti-heroína que usa seu charme e inteligência para manipular e obter toda sorte de favores de suas vítimas, sejam amantes, amigos ou até mesmo membros de sua família.

A bela e coquete Lady Susan é uma viúva na casa dos seus 30 anos, que busca um novo casamento para si e também para sua filha Frederica, mesmo que seja com um homem rico e tolo que a jovem despreza. Com uma agenda de compromissos preenchida por convites de visitas para a família de seu finado marido, Lady Susan intercala a formalidade com manobras astuciosas e repletas de ironia e inteligência, com o intuito de atingir o seu objetivo final.


Lady Susan é um livro repleto de ironia, além de ser artisticamente escrito, sagrando-se em uma das obras mais peculiares e até mesmo divertidas de Jane Austen. Mesmo não sendo muito conhecido e aclamado quanto os demais seis romances da autora, sua história é encantadora e muito bem articulada, nos trazendo o olhar ainda jovem de Austen sobre as maquinações sociais de um modo bem envolvente e requintado. Narrado de forma epistolar, onde a trama vai se revelando gradativamente através da perspectiva de uma pessoa e logo após, sob a reação e a resposta de uma outra - sem diálogos diretos ou até mesmo maiores detalhismos -, o livro se mostrou inteligente, irônico e extremamente ardiloso.

"Onde o orgulho e a estupidez se unem não pode haver qualquer dissimulação digna de nota."

Mesmo sendo uma anti-heroína, é impossível não se afeiçoar à Lady Susan. Ao contrário de muitos leitores, não a enxergo como uma espécie de vilã e sim como uma mulher oportunista e ambiciosa, que não poupa esforços e estratégias para buscar o seu lugar ao sol. Ela é uma personagem interessante, provocante e que sabe muito bem usar os seus dons e atributos, além de não deixar ninguém atrapalhar o seu caminho - nem mesmo a própria filha. Sua dissimulação e ironia são impecavelmente inteligentes e foram retratadas em uma linguagem extremamente requintada e elegante por Jane Austen. Os demais personagens da trama também chamam a atenção, bem como Alicia, a melhor amiga de Lady Susan e uma das responsáveis por encobrir seus passos ardilosos e Reginald DeCourcy, o seu jovem e apaixonado amante, objeto fácil das maquinações da protagonista. Frederica, sua filha, até tenta ter algum vigor ao longo do enredo, mas sempre acaba sendo ofuscada pela persuasão maquinalmente orquestrada de sua mãe.


"Ela era uma mistura rara de simetria, esplendor e graça."

Resumidamente, Lady Susan é uma comédia inteligente, perspicaz e repleta de ironia, que traz o olhar da ainda adolescente Jane Austen sobre uma mulher madura e disposta a tudo para angariar um bom partido - o que foge bastante do estereótipo de suas demais personagens. Parodiando o divórcio e a infidelidade e invertendo os valores dos sexos ao transformar as mulheres em predadoras naturais dos homens, a autora nos presenteou com uma protagonista estrategista, maliciosa e absurdamente encantadora. Em 2016 foi feita uma adaptação cinematográfica da obra intitulada Amor e Amizade, que conta com Kate Beckinsale no papel principal que, brilhantemente, conseguiu mergulhar intensamente em sua personagem e retratá-la de uma forma irônica e impecavelmente requintada. O livro é bilíngue e possui uma capa hardcover belíssima e a diagramação está bem caprichada, com fonte em bom tamanho, revisão de qualidade e uma tradução primorosa. Recomendo, com certeza!

Confira o trailer do filme Amor e Amizade: 




6 comentários:

  1. ainda não li esse livro, mas a proposta muito me interessa, aposto que leria e me deliciaria com as aventuras de Lady Susan

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/2018/04/uma-proposta-e-nada-mais.html

    ResponderExcluir
  2. Oi Nessa, tudo bem?
    Não conhecia o livro e nem o filme, estou me sentindo um peixe fora dagua... gostei muito da premissa e fiquei muito curiosa para conhecer melhor a personagem. Ótima resenha!

    Obrigada pelo carinho. Volte sempre!
    Um super beijo :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
  3. Oi Nessa
    Este é mais um que está minha imensa lista de leitura. Quero muito assistir a este filme também.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Nessa, tudo bem? Não tinha visto nada sobre esse livro. Amei a dica!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  5. Não sou muito fã de romances de época, mas achei a sinopse e premissa muito interessante, se surgir a oportunidade irei conferir!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Nessa! Eu não li esse livro da Austen e de fato pouco leio a respeito! Gosto de protagonistas inteligentes, mesmo que sejam anti-heróis e sendo uma personagem feminina é ainda melhor. Esse toque de comédia tb me agrada, vou colocar na minha lista de leituras com certeza!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir