01/09/2018

Resenha: Como Agarrar Uma Herdeira - Julia Quinn

Título original: To catch an heiress
Gênero: Romance de Época
Páginas: 304
Editora: Arqueiro
Classificação: 5/5
Comprar: Saraiva
O livro Como Agarrar Uma Herdeira, primeiro volume da duologia Agentes da Coroa, nos traz um romance espevitado, divertido e incrivelmente sensual. Narrando a história de um agente da coroa britânica sistemático e de uma herdeira extremamente temperamental, acompanhamos muitos momentos de conflito, apuros e, claro, de romance.

Quando Caroline Trent é sequestrada por engano por Blake Ravenscroft, ela não hesita ao não se desvencilhar das garras do agente sedutor. Afinal, tudo que a dama quer é fugir de um casamento arranjado com um homem que só se interessa pela fortuna que ela herdou.

Blake confundiu a jovem com a famosa espiã espanhola Carlotta De Leon, entretanto Caroline não desmente a farsa, pois irá completar vinte e um anos dali a seis semanas e, assim, angariar sua independência e controlar sua própria herança. Para ela, é muito mais conveniente permanecer escondida com aquele sequestrador misterioso do que voltar para o seio do próprio lar.

A missão de Blake era levar a perigosa espiã para as autoridades, entretanto ele não esperava se apaixonar pela intrigante mulher. Depois de anos à serviço da Coroa, mergulhado em perigos, intrigas e conspirações, o seu coração acabou tornando-se frio e insensível, mas a sensual prisioneira parece deter o poder de desarmá-lo totalmente...

Como Agarrar Uma Herdeira nos traz um romance carismático, envolvente e incrivelmente engraçado. Os personagens são muito voluntariosos e isso acaba provocando vários embates entre os dois, por sua vez, calorosos e repletos de paixão. Narrado em terceira pessoa de forma leve, fluída e levemente irônica, o romance conseguiu conquistar o meu coração e se tornou um dos meus livros favoritos da Julia Quinn.

Caroline está prestes a se envolver em um casamento de conveniência com um homem que não a ama, muito pelo contrário, tem como interesse apenas a herança milionária da moça. Insatisfeita com o seu cruel destino, ela decide fugir de casa e cai justamente nas garras de Blake Ravenscroft. Logo de início, ele trata a moça como a criminosa que ele acredita que ela seja e Caroline vai sustentando a farsa, afinal acha conveniente passar o máximo de tempo fora do lar até que alcance a maioridade e, por conseguinte, sua independência financeira. Os dois são extremamente voluntariosos e não demora para que comecem a surgir faíscas em meio a esse relacionamento, o que tornou a história ainda mais romântica e levemente sensual. Caroline é uma personagem forte, teimosa e dona de si própria. Ela não hesita em bater boca com Blake, por mais que esteja irresistivelmente atraída pelo seu misterioso sequestrador.

Blake é um homem que acabou sendo endurecido pela dor e pelas mazelas do tempo. Após perder a mulher que amava de forma trágica, seu coração virou uma pedra de gelo e ele decidiu dedicar o resto de sua existência ao trabalho. Quando consegue capturar aquela que acredita ser uma famosa espiã espanhola, ele está disposto a fazer justiça a todo custo e levá-la às autoridades, mas não esperava que a intrigante mulher pudesse lhe fazer vivenciar o amor novamente. Blake é um homem ferido, que mergulhou no trabalho como se fosse sua única válvula de escape, apagando qualquer resquício de amor e paixão de seu coração. Caroline lhe atrai como uma abelha seduzida pelo mel e é muito bonito acompanhar o personagem se despindo de suas armaduras e vivendo o amor em toda a sua plenitude.

"Desejava o coração e a alma dele. Mas, acima de tudo, desejava se entregar e curar quaisquer que fossem as feridas que jaziam sob a superfície de sua pele"

Em suma, Como Agarrar Uma Herdeira se mostrou um livro encantador, cômico e incrivelmente romântico. Julia Quinn nos presenteia com todo o brilho e o esplendor de sua escrita, nos trazendo uma história de amor muito bem escrita e incrivelmente romântica. A capa do livro é belíssima e nos traz o retrato de uma moça em meio a um coreto florido e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho e revisão de qualidade. Recomendo, com certeza!

6 comentários:

  1. Oiii Nessa

    Pra quem gosta de romances da Julia Quinn esse livro é uma fofura, eu acho a premissa bem legal. Não sei se leria, tentei ler livros da Quinn e não me conectei de jeito nenhum, mas imagino que os que ja estão habituados a romances vão gostar.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Nessa,
    Ai gente... Faz mais de ano que não leio Julia Quinn... Bateu saudade dos livros da autora!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Nessa, tudo bem?
    Anotei essa duologia depois daquele post que fiz no grupo da Arqueiro! Parece ótima e já quero ler.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  4. Julia é uma autora perfeita demais, eu amo os livros dela, rio a beça!
    amo os romances de época!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oie Nessa =)

    Faz tempinho que não leio nada da Julia e confesso que estou com saudades das histórias da autora. Vejo as pessoas falando bem dessa duologia. Parece ser bem divertida e envolvente.

    Tenha uma ótima semana!
    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  6. Oi Vanessa, tudo bem?
    Gosto dos livros da Julia Quinn ela consegue criar tramas românticas e também divertidas. Dica anotada!!

    *bye*
    Marla
    https://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir