08/09/2018

Resenha: Obras Inacabadas - Jane Austen

Título original: Unfinished Novels
Gênero: Romance
Páginas: 208
Editora: Landmark
Classificação: 5/5
Comprar: Saraiva
O livro Obras Inacabadas, da romancista inglesa Jane Austen, reúne quatro novelas não concluídas da autora, sendo dois romances inacabados, o esboço de um novo romance e os capítulos extras de Persuasão, um dos meus livros favoritos de Austen. Apesar de não terem um final adequado, nota-se por esses fragmentos todo o talento, destreza e ironia da autora, considerada uma das figuras mais notáveis da literatura inglesa.

Em "Projeto de Um Romance", acompanhamos um texto curto, satírico e bem introdutório, que preconiza os objetivos da autora e a sua visão pessoal acerca de um romance. Estima-se que ele tenha sido escrito em meados de maio de 1816, sendo publicado de forma integral somente em 1826, por R. W. Chapman. Alguns fragmentos deste texto também aparecem na biografia de Jane Austen , escrita por seu sobrinho James Edward Austen-Leigh, intitulada Uma Memória de Jane Austen.

"Sanditon" foi uma das novelas mais interessantes do livro. Escrito em 1817 com o título inicial de The Brothers e sendo publicado somente em 1825, o último romance de Austen se passa em uma cidade à beira-mar e trata de uma nova sociedade lidando com o consumo especulativo e enfrentando as primeiras convulsões sociais advindas da Revolução Industrial. Charlotte, a protagonista da trama, têm muito das consagradas heroínas de Jane Austen, se destacando por sua inteligência, ironia e perspicácia. A jovem vai passar uma temporada na propriedade de Sanditon e ali encontra muitas figuras curiosas de se observar. A forma como ela descreve essas personagens e suas particularidades é notável e bastante intrigante e, infelizmente, é uma pena que o romance termine em uma de suas melhores partes.

"Os Watson" foi escrito em 1804 e concluído pela sobrinha de Austen, Catherine Hubback, vindo a ser publicado somente na metade do século XIX, com o título inicial de The Younger Sister. Estudiosos acreditam que esse romance tenha acabado se perdendo depois da morte dos pais da autora e a crítica o considera uma de suas obras mais prolíficas. Dotada de ironia e refinamento, a história gira em torno das perspectivas conjugais das irmãs Watson em uma pacata cidade provincial. Emma, uma das protagonistas da trama, que foi criada por uma tia rica, se vê obrigada a voltar ao convívio social com os pais e os irmãos. A personagem se sente completamente deslocada com a nova situação, tal como se fosse um peixe fora d'água e muitas das suas características nos remetem quase que de imediato para duas heroínas de Austen, Emma (que inclusive compartilha do mesmo nome da mocinha deste romance) e Fanny Price, de Mansfield Park. Acredita-se, inclusive, que "Os Watson" tenha sido uma espécie de esboço para esses dois romances.

Os capítulos originais de Persuasão nos mostram não só a evolução de Jane Austen, como também o quanto a autora era extremamente autocrítica e buscava se aperfeiçoar a todo instante. Apesar de interessantes, confesso que não senti falta desses capítulos extras no romance da autora, visto que ele tem a dose certa de romantismo, perseverança e paixão que um bom leitor almeja.

Resumidamente, Obras Inacabadas nos traz um apanhado rico da obra de Austen, mesmo que inacabado. Nota-se em suas novelas e textos, traços inconfundíveis de sua escrita, sobretudo, de seu talento e proeza na arte de confeccionar críticas sociais. Infelizmente, é uma pena que um trabalho tão primoroso não tenha sido concluído por motivos pertinentes às circunstâncias pessoais da vida da autora, mas de toda forma, esses fragmentos são um verdadeiro presente para quem aprecia as obras de Austen. A capa é hardcover e nos traz a ilustração de uma espécie de pergaminho com a assinatura de Jane Austen e a edição é bilíngue (inglês/português), com diagramação caprichadíssima, fonte em tamanho agradável e revisão de qualidade. Recomendo ☺

12 comentários:

  1. Oi Nessa, tudo bem?
    Seria um sacrilégio se eu dissesse que não curto muito a Jane? Admiro o trabalho e reconheço sua importância, mas não me apeguei à escrita dela. A Denise, por outro lado, adora.

    Att.,
    Eduarda Henker
    Queria Estar Lendo

    ResponderExcluir
  2. Oi Nessa!
    Só li Orgulho e preconceito da autora até hj! N virou uma das obras da minha vida, mas gostei.
    Já minha mãe AMA a Jane! rs Vou indicar esse livro para ela!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Nessa,
    Eu comecei a pesquisar e vi que tem muitas diferenças entre as edições dos livros da Jane, né? Comprei outra edição para tentar gostar mais das obras dela, tomara que eu consiga e aí me aventuro nessa obra também!
    Beijo
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Nessa, tudo bem?
    Pros fãs da Austen, deve ser uma obra imperdível! Mas confesso que ficaria agoniada por não ter final hahaha!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  5. Oi Nessa,
    Eu só li uma obra da autora na facul, até separei para a meta do ano, mas nem vai rolar. Gostei de conhecer esse.

    até mais,
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  6. Meeu Deus!! quero muito esse livro, deve ser maravilhoso!!
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  7. Olá Nessa! Tudo bem?

    Não conhecia esse livro ainda, mas como gosto da autora vai pra minha lista, ótima resenha....bjs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Nessa, tudo bem?
    Passando pra agradecer a visita e desejar uma ótima semana.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  9. Oi Nessa! Eu acho que vou curtir essa edição, tem muita coisa da Austen que eu ainda não e quero conferir!

    Bjs, mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  10. Oi Vanessa, tudo bem?
    Os fãs da autora com certeza vão adorar. Se tiver uma oportunidade vou querer ler.

    *bye*
    Marla
    https://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Nossa, que tudo essa edição! Ai, e obras inacabadas dão sempre uma dorzinha no coração. A gente fica sempre na vontade de ver o final, hehe. Mas sendo da Jane, até a listinha de compras dela a gente quer dar uma espiada, kkkkk

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  12. acho que tudo que envolve Jane Austen merece ser reconhecido, aplaudido e aclamado, pensa numa mulher top!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir