01/05/2019

Resenha: O Segredo de Helena - Lucinda Riley

Título original: The olive tree
Gênero: Romance
Páginas: 464
Editora: Arqueiro
Classificação: 5/5
Comprar: Saraiva
O livro O Segredo de Helena, da irlandesa Lucinda Riley - best-seller com mais de 12 milhões de livros vendidos -, nos traz um romance magistralmente construído e que se intercala entre o passado e o presente para mostrar toda a beleza e o poder do amor. Incrustado por segredos de família e velhas paixões, além de fazer referências à grandes clássicos da literatura, a história se descortina com emoção e sutileza e nos mostra que só o verdadeiro amor pode curar totalmente cada ferida arraigada em nosso ser.

Helena nunca se esqueceu do mágico verão que passou em Pandora, Chipre, na casa de seu padrinho. Com apenas 15 anos de idade e cercada pelas belezas do Mediterrâneo, a jovem se apaixonou pela primeira vez e viveu todas as emoções de seu amor juvenil.

Após duas décadas e sendo agora a herdeira da propriedade, ela retorna mais uma vez para Pandora, agora acompanhada pelo marido e pelo filhos. Porém, no âmago de sua alma, Helena sabe que voltar à este antigo lugar irá suscitar lembranças e segredos que ela sempre fez de tudo para esconder. Um destes segredos envolve Alex, seu filho mais velho e fruto de um relacionamento anterior ao seu casamento. Extremamente inteligente, o garoto está passando por todas as delícias e dissabores da transição da juventude para à vida adulta e está mais do que determinado a descobrir a identidade de seu verdadeiro pai.

Enquanto o verão dá o ar da sua graça e pessoas do passado de Helena vão ressurgindo, Pandora se mostra o pano de fundo ideal para revelar mistérios escondidos na poeira do tempo por tantos anos e que, quando vêm à tona, podem fazer com que a vida de Helena e de sua família nunca mais seja a mesma...

O Segredo de Helena nos traz um romance instigante, repleto de beleza, amor e mistério. Escrito de forma delicada e quase que épica, a trama correlaciona acontecimentos reais com situações vividas no passado, totalizando uma sincronia agradável e bastante atraente. Narrado em terceira pessoa e intercalado com fragmentos dos diários de Alex e Helena, o livro se mostrou uma verdadeira ode ao amor e ao seu poder de suportar e neutralizar tudo de ruim que um dia pode ter acontecido conosco.

Helena é uma personagem forte, guerreira e que superou muita coisa em prol de si mesma e de sua família. Com uma verdadeira alma de poeta e uma doçura encantadora, ela sempre foi apaixonada pela dança e sentia uma liberdade avassaladora ao presenciar o seu corpo gingando pelo ar. Hoje, mãe de família e esposa dedicada, ela não se orgulha dos erros cometidos em seu passado, mesmo sabendo que eles foram os responsáveis por transformá-la na mulher que tantos atualmente admiram. Acompanhar a perda de sua inocência e, por conseguinte, o esfarelamento de seus sonhos foi algo que me emocionou bastante, afinal mostrou o tanto de renúncias e sacrifícios que ela teve que passar para chegar até aqui. O seu amor abnegado pelos filhos e pelo marido é uma de suas maiores qualidades, além de ser também a principal arma para as adversidades que acabam acontecendo na jornada da protagonista.

"A vida é um conjunto de dominós em queda; está tudo conectado. Dizem que podemos descartar o passado, mas não podemos, porque ele faz parte de quem somos e de quem vamos ser."

Alex é um garoto extremamente inteligente e é aquilo que podemos rotular de um verdadeiro nerd. Com uma expertise fora do comum e uma sensibilidade tamanha, ele e a mãe são verdadeiros amigos, compartilhando sonhos, anseios, frustrações e até mesmo insatisfações perante à vida. Devido ao seu jeito reservado e maduro de ser, ele acaba muitas vezes se isolando em seu próprio mundo, o que faz com que o jovem sofra retaliações e chacotas por parte de alguns colegas. Entretanto, quem o enxerga apenas como um menino calmo e passivo não imagina que quando ele quer algo, ele vai até o fim para conseguir, surpreendendo todos ao seu redor, inclusive a própria matriarca da família.

"Existem todos os tipos de amor, e ele vem em toda sorte de moldes e formas. Pode ser conquistado, mas não comprado. Pode ser dado, mas jamais vendido."

Em suma, O Segredo de Helena é um livro emocionante sobre relações familiares, laços intrínsecos que conectam as pessoas e, acima de tudo, sobre o amor e toda a sua graça e esplendor. Com um romance que te faz suspirar e segredos intrincados que te surpreendem página após página, Lucinda Riley nos encanta mais uma vez e mostra todo o seu talento ao retratar a natureza complexa dos relacionamentos modernos, com todas as suas nuances e traços. A capa do livro é muito bonita e nos traz a ilustração de uma velha porta de madeira, alicerçada entre muros de pedra e permeada por flores e a diagramação está ótima, com fonte em bom tamanho e revisão de qualidade. Recomendo, com certeza!

3 comentários:

  1. Oi Nessa,
    Sou apaixonada por essa capa, ainda não li o livro pq ele estava um pouco caro demais, então vou esperar baixar um pouco para comprar.
    beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oie
    Nunca li nada da autora, mas tenho muita curiosidade. São tramas familhares muito boas.


    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olá Nessa,

    Esse livro da Lucinda está na minha lista de desejados, gosto demais da autora, ótima resenha...abraço.


    https://devoradordeletras.blogspot.com/

    ResponderExcluir