23/09/2017

Resenha: A Garota do Calendário Fevereiro - Audrey Carlan

Título original: Calendar Girl: February
Gênero: Romance erótico
Páginas: 132
Editora: Verus Editora
Classificação: 2/5
Comprar: Submarino
Em A Garota do Calendário Fevereiro, segundo volume da série homônima de Audrey Carlan, Mia se envolve em mais uma aventura permeada por sexo e descobertas. Infelizmente o livro conseguiu ser inferior ao volume anterior, nos mostrando uma protagonista fraca, sem personalidade e com um vitimismo estarrecedor. A trama também não conseguiu me atrair, com um enredo extremamente clichê e chato e sem nenhuma profundidade.

Após suas loucas e tórridas aventuras ao lado de Wes, Mia viaja para Seattle para passar o mês com um enigmático artista francês. Alec Dubois contrata a acompanhante de luxo com o objetivo de tê-la como musa para sua criações e a conduz por um mundo de descobertas sexuais e prazeres alucinantes.

20/09/2017

Lançamentos de setembro - Editora Arqueiro

Boa noite pessoal! Confiram os lançamentos de setembro da Editora Arqueiro. Entre eles vale destacar Como Se Casar com Um Marquês, segundo e último volume da duologia Agentes da Coroa, de Julia Quinn, Romance Entre Rendas, quarto e último volume da série As Modistas, de Loretta Chase e Amor sem Medidas, terceiro e último volume da série Desejo Proibido, de Sophie Jordan.

COMO SE CASAR COM UM MARQUÊS - JULIA QUINN
Elizabeth Hotchkiss precisa se casar com um homem rico, e bem rápido. Com três irmãos mais novos para sustentar, ela sabe que não lhe resta outra alternativa.
Então, quando encontra o livro Como Se Casar com Um Marquês na biblioteca de lady Danbury, para quem trabalha como dama de companhia, ela não pensa duas vezes: coloca o exemplar na bolsa e decide encontrar um homem qualquer para praticar as técnicas ensinadas no pequeno manual.
É quando surge James Siddons, marquês de Riverdale e sobrinho de lady Danbury, que o convocou para salvá-la de um chantagista. Para realizar a investigação, ele finge ser outra pessoa. E o primeiro na sua lista de suspeito é justamente... Elizabeth Hotchkiss.
Intrigado pela atraente jovem com o curioso livrinho de regras, James galantemente se oferece para ajudá-la a encontrar um marido, deixando-a praticar as técnicas com ele. Afinal, quanto mais tempo passar na companhia de Elizabeth, mais perto estará de descobrir se ela é culpada.
Mas quando o treinamento se torna perfeito demais, James decide que só há uma regra que vale a pena seguir: que Elizabeth se case com seu marquês.

18/09/2017

Resenha: O Livro do Amanhã - Cecelia Ahern

Título original: The book of tomorrow
Gênero: Romance
Páginas: 368
Editora: Novo Conceito
Classificação: 4/5
Comprar: Submarino
O Livro do Amanhã, da autora irlandesa Cecelia Ahern, nos traz uma história interessante sobre o amanhã e as possibilidades de consertá-lo. A proposta da obra é bem interessante e dotada de criatividade, entretanto demorei um bom tempo para me conectar com a protagonista devido ao seu egoísmo e mimo desenfreado, porém curti demais a reviravolta do enredo, principalmente quando começam a vir a tona os segredos incrustados de família e todos os seus pecados e bênçãos.

Tamara Goodwin é uma adolescente de dezesseis anos nascida no luxo que nunca precisou se preocupar com o dia de amanhã até que o seu pai falece e deixa um monte de dívidas para a família, obrigando ela e a sua mãe a morarem de favor na casa de uma tia no interior. Entendiada com a vida monótona e extremamente solitária, a única diversão de Tamara é uma biblioteca itinerante, onde ela encontra um livro misterioso e bastante surpreendente.

16/09/2017

Resenha: Mansfield Park - Jane Austen

Título original: Mansfield Park
Gênero: Romance
Páginas: 568
Editora: Martin Claret
Classificação: 5/5
Comprar: Submarino
O livro Mansfield Park, publicado em 1814 pela autora inglesa Jane Austen, nos traz um romance profundo que retrata com afinco a sociedade inglesa do século XIX, bem como seus costumes e convenções sociais. Considerado por muitos um dos livros mais autobiográficos de Austen e escrito pela romancista quando ela já tinha 39 anos, Mansfield Park descreve a sociedade rural daquela época, fala de forma sintetizada sobre a escravidão e, acima de tudo, nos traz personagens meramente humanos que vivenciam a solidão, o amor, o ciúme, a inveja e a decepção, dentre outros sentimentos conflituosos e intensos.

Criada desde os doze anos de idade pela família Bertram, Fanny Price se tornou uma garota dócil, tímida e extremamente passiva, realizando todos os caprichos e desejos de seus tios e primos ricos. A única pessoa no seio dos Bertram que a trata com bondade e ternura é o seu primo Edmund, dono de bom coração e que almeja o sonho de se tornar clérigo. Com exceção dele, Fanny é vista como uma criada pela família e sofre nas mãos de Mrs. Norris, sua tia viúva e amargurada e que mesmo sendo uma das responsáveis pela vinda de Fanny à Mansfield Park, parece não nutrir nenhum apreço pela moça.

11/09/2017

Resenha: Olhos de Lobo - Rosana Rios

Edição: 1
Ano: 2016
Gênero: Ficção sobrenatural
Páginas: 440
Editora: Farol Literário
Classificação: 5/5
Comprar: Submarino
Em Olhos de Lobo, sequência de Sangue de Lobo, da autora Rosana Rios, conhecemos um pouco mais da cultura lupina, passando até mesmo pelo conto da Chapeuzinho Vermelho e outros mais de autoria dos Irmãos Grimm. A história iniciada da parceria entre Helena Gomes e Rosana Rios e que desta vez foi escrita apenas pela segunda autora, nos traz novo fôlego para a trama e ainda mais adrenalina, suspense e ação. Os personagens - que sempre foram bem delineados e centrados no enredo - se tornaram ainda mais maduros e passam por situações que provam suas crenças e conceitos com intensidade.

A história se inicia em 1810, na cidade alemã de Kassel, onde um pesquisador de folclore fica estarrecido após seu primo e seu irmão voltarem de um passeio no bosque perturbados após visitarem uma família muito antiga da região, da qual a matriarca relata um estranho e exótico fato de seu passado. O que parecia ser apenas uma lenda do vilarejo local conhecida como Rotkäppchen, intriga Erich, o primo do pesquisador e ele não consegue esquecer os olhos brilhantes e profundos da mulher que ao visitar a sua avó há muitos anos atrás, se deparou com uma fera e sobreviveu miraculosamente ilesa.

10/09/2017

Resenha: Príncipe Partido - Erin Watt

Título original: Broken prince
Gênero: Romance/New Adult
Páginas: 352
Editora: Essência
Classificação: 5/5
Comprar: Saraiva
Em Príncipe Partido, segundo volume da série The Royals, de Erin Watt (parceria entre as autoras Elle Kennedy e Jen Frederick), conhecemos a sequência de Princesa de Papel, desta vez com o ponto de vista do bad boy da trama, Reed. Felizmente, o livro teve uma melhora significativa em vista do volume anterior e conseguiu trazer mais adrenalina e vigor para a trama, além de ter diminuído consideravelmente as cenas de sexualização do enredo.

Reed tem tudo o que qualquer garoto de sua idade desejaria, ou seja, beleza, dinheiro e status. As garotas do colégio anseiam sair com ele, os caras  da escola desejam ter a sua vida, mas Reed está alheio a tudo isso, até mesmo para a sua própria família, até que Ella Harper surge na sua porta.

07/09/2017

Resenha: Melancia - Marian Keys

Título original: Watermelon
Gênero: Romance/ Chick-lit
Páginas: 488
Editora: BestBolso
Classificação: 5/5
Comprar: Submarino
O livro Melancia, primeiro volume da série As Irmãs Walsh, da irlandesa Marian Keyes, nos traz um romance cômico, irreverente e que traduz o cotidiano feminino com um misto de drama e graça. A protagonista principal da trama, Claire Walsh, mantém o bom humor mesmo nos momentos mais adversos e derrama sua vida nas páginas do livro, com todas as suas frustrações, anseios, dores e esperanças.

Claire é uma garçonete de 29 anos que é abandonada pelo marido, James, logo após dar à luz a filha do casal. O marido confessa que mantém um caso amoroso de seis meses com uma vizinha que também é casada e decide ir morar junto com a sua amante. Claire enfrenta maus bocados e, de coração partido, decide sair de Londres e voltar para a casa dos pais na Irlanda.

04/09/2017

Resenha: Nossas Noites - Kent Haruf

Título original: Our Souls at Night
Gênero: Romance
Páginas: 160
Editora: Companhia das Letras
Classificação: 5/5
Comprar: Submarino
O livro Nossas Noites, último trabalho do autor Kent Haruf, nos traz um romance maduro e sereno sobre amor, envelhecimento e as oportunidades que recebemos de presente da vida. Com uma linguagem clara, objetiva e demasiadamente encantadora, acompanhamos um romance na terceira idade que nasce da mais profunda e verdadeira amizade e comunhão e que se mostra absolutamente radiante.

No pacato e pitoresco condado de Holt, no Colorado, Addie Moore resolve visitar inesperadamente seu vizinho, Louis Waters. Mesmo não sendo amigos, os dois moram na mesma rua há algumas décadas e sabem um pouco da vida um do outro. O marido de Addie faleceu alguns anos atrás, assim como a esposa de Louis, Diane. Septuagenários e viúvos, os dois lidam dia após dia com a solidão que cerca suas casas grandes e vazias.